Planejamento Estratégico: qual o melhor caminho a ser seguido pela organização?

Posted on Postado em Acontece na Alcer, Artigos e Entrevistas, blog, Sem categoria

Planejamento Estratégico é um processo sistêmico que permite definir o melhor caminho a ser seguido por uma organização, para atingir um ou mais objetivos, dentro de um contexto previamente analisado. Isso se faz analisando cenários, definindo metas e ações que permitirão chegar onde se deseja.

 

A quem se aplica?

planejamento estratégico pode ser desenvolvido e incorporado na cultura de qualquer organização, independentemente de seu tamanho e segmento em que atua. Todas as organizações possuem objetivos a serem atingidos, logo, todas podem e devem ter o seu planejamento estratégico.

 

O que é preciso ter?

planejamento precisa ser um processo participativo, contando com o apoio de todos – começando pelo líder e gestor da organização. O alinhamento entre as pessoas que fazem parte da organização é um dos principais fatores para o sucesso  do planejamento da empresa.

Qualquer empresa pode começar o seu planejamento, independente do tamanho!

Assim, adota-se o Planejamento Estratégico com o objetivo de gerar lucro e crescimento e melhorar a gestão da empresa. E isso passa a ser feito por meio de ações pensadas sistematicamente.

O Planejamento Estratégico é um processo contínuo e que leva em consideração inúmeras informações relacionadas à empresa.Todas  as decisões são tomadas pensando a curto, médio e longo prazo.

Hoje você vai descobrir 5 dicas de como fazer Planejamento Estratégico e por que ele é tão importante para as empresas que querem alcançar o sucesso.

 

Por que é importante?

Planejar de maneira estratégica é saber gerenciar os recursos disponíveis para alcançar objetivos previamente estabelecidos; é desenvolver ações focadas naquilo que se almeja conquistar.

Independente do porte da empresa, o Planejamento Estratégico é importante para impulsioná-la na direção correta. Ele servirá como um guia para que a empresa não se perca no caminho.

Além de estabelecer metas e objetivos que dialoguem com a realidade da organização, o PE possibilita maior integração entre todos os envolvidos: executivos, gestores, colaboradores, clientes, etc. Isso assegura mais agilidade nos processos de tomada de decisão.

O PE é também um diferencial competitivo. Sem ele, a empresa dificilmente sobreviverá no mercado, pois ela não terá os seus pontos fracos e ameaças bem definidos e não conseguirá desenvolver ações para corrigir tais falhas.

 

Como fazer?

Muitas empresas, principalmente as de pequeno porte e que ainda estão se consolidando no mercado, não sabem como fazer Planejamento Estratégico.

Separamos aqui 5 dicas para elaborar um planejamento estratégico eficiente. Confira:

 

1 – Identifique os stakeholders da empresa

Os stakeholders são as pessoas e instituições envolvidas e interessadas nas atividades da empresa. Exemplos: executivos, gestores, funcionários, fornecedores, clientes, órgãos governamentais, organizações da sociedade civil, a comunidade etc.

Faz parte do planejamento estratégico compreender as suas necessidades e expectativas, para que se possa pensar em ações integradas.

 

2 – Defina a identidade organizacional da empresa

A segunda dica de como fazer Planejamento Estratégico é de fundamental importância.

A identidade organizacional nada mais é que a tríade clássica: Missão, Visão e Valores. Esses três pilares é que determinam o diferencial da empresa, tornando-a única no mercado.

  • Missão: razão pela qual a empresa existe
  • Visão: onde a empresa quer chegar a longo prazo
  • Valores: princípios inegociáveis

Esses componentes da identidade organizacional precisam sempre estar claros para todos os membros da empresa.

 

3. Faça uma análise SWOT

SWOT é uma sigla em inglês e que significa Forças (strengths), Fraqueza (weakness), Oportunidades (opportunities) e Ameaças (threats). Trata-se de uma análise dos ambientes interno e externo da empresa.

Exemplo:

  • Forças: funcionários motivados e engajados
  • Fraquezas: profissionais desqualificados, aparato tecnológico ultrapassado
  • Oportunidades: investir em nichos de mercado específicos
  • Ameaças: crises política e econômica, criação de novas leis

 

4 – Estabeleça metas e objetivos

Os objetivos são resultados de longo prazo. Eles representam onde a empresa quer chegar com aquele planejamento.

Já as metas são conquistadas a curto prazo e podem ser entendidas como degraus que levarão aos objetivos da empresa.

Ambos precisam ser inteligentes. Ou seja, seguir o padrão SMART:

  • Específicos (Specific),
  • Mensuráveis (Measurable),
  • Alcançáveis (Achievable),
  • Relevantes (Relevant)
  • e com prazo bem definido (Time-based)

 

5 – Monitore o Planejamento Estratégico

O planejamento estratégico sendo contínuo significa que ele está sujeito a alterações dependendo do andamento das coisas.

Dessa forma, é preciso definir os Indicadores de Desempenho– baseados nas metas e objetivos da empresa – e monitorar o planejamento para se certificar de que tudo está funcionando de acordo com o que foi planejado e se há necessidade de modificar ou corrigir uma coisa ou outra.

Agora que você já sabe como fazer Planejamento Estratégico, elabore um para a sua empresa e conte sempre com ele para guiar o seu negócio rumo ao sucesso!

Luiz Gustavo

Consultor Empresarial

Fonte: Site Scopi

Site Sebrae

Site Setting