Desenvolvimento da equipe como fator motivacional

Posted on Postado em Acontece na Alcer, Artigos e Entrevistas, blog, Sem categoria

Como líderes podem impactar na motivação dos funcionários?

Monica Barros, Inteligência de Mercado

Liderança e motivação são elementos fundamentais para qualquer organização. Isso porque um colaborador motivado tem uma produtividade até 50% maior.

Ouvimos e vemos constantemente orientações sobre liderança, desenvolvimento interpessoal e sempre obtemos informações sobre como deve ser o perfil dos líderes, principalmente em momentos de crise como a que estamos enfrentando agora. Mas, como líderes podem influenciar positivamente para o desenvolvimento eficiente de toda a equipe e agregar nos conhecimentos e habilidades interpessoais de cada profissional?

O que mais vemos no dia a dia são equipes totalmente engessadas, onde cada profissional tem a sua responsabilidade e são especialistas somente em determinada função, não que isso seja ruim, mas será que esse tipo de posicionamento irá agregar para o desenvolvimento desses profissionais? Ou é cômodo para a liderança não desafiar as regras e focar somente nos resultados de curto prazo?

Na realidade, a maioria não se posiciona diante da organização e acabam por estagnar muitos profissionais talentosos, que com certeza poderiam fazer toda a diferença com criatividade, inovação, melhorias e motivação.

Foi exatamente sobre isso que o Consultor Juliano Lopes falou: ”Sem sombra de dúvidas uma boa liderança está diretamente ligada com o nível de motivação da equipe, não se consegue mais ter uma equipe de alta performance sem que ela admire o seu líder. E para se conseguir isso não é nada fácil, o gestor precisa de muita preparação e simpatia, principalmente para lidar com as situações do dia a dia”. Ele ainda ressalta:

Uma coisa é fato: a equipe tende a ser o reflexo do seu líder, esse reflexo sendo positivo ou não”.

Depois de trabalhar com diversos gestores, é possível reconhecer claramente a diferença entre chefia e liderança. Pois, é comum ver no ambiente profissional, momentos em que diversos profissionais tiveram de buscar a automotivação e momentos em que estavam tão estimulados a aprender e a enfrentar o desafio do novo que no caminho da empresa elaboravam a programação do dia e no retorno para casa pensavam em como poderia melhorar o que tinha sido feito durante a jornada de trabalho.

 

Motivação pode fazer tanto na vida pessoal quanto profissional de cada colaborador.

O ser humano está sempre em desenvolvimento e precisa fazer parte de algo, seja em determinado projeto, ser membro de determinada equipe, ou ser reconhecido pelos resultados alcançados. Nós somos motivados mesmo que inconscientemente pelos desafios que enfrentamos constantemente.

Dentro desse cenário, líderes qualificados podem trabalhar, estimulando os profissionais desde o nível iniciante até o nível mais avançado, mas sempre buscando o desenvolvimento de habilidades cada vez mais difíceis e complexas, pois dessa forma, os profissionais estarão cada vez mais capacitados e preparados para os desafios que encontrarão ao logo da carreira.

Apesar de não ser uma tarefa impossível, exige empenho, esforço e dedicação. O líder deve saber equilibrar as pressões de gestores e colaboradores para obter o melhor resultado final possível.

 

É preciso entender exatamente o que significa ter uma equipe engajada

Esse sentimento passa pela identificação dos colaboradores com a empresa, pelo relacionamento que estabelecem com a empresa e com os colegas, pelas recompensas que conquistam e pelo valor da remuneração.

Mais do que isso, uma equipe é engajada quando os colaboradores sentem-se pertencentes à organização, compreendendo que suas atividades fazem parte de algo maior e que seus objetivos pessoais devem estar alinhados às metas da empresa.

Eles ainda devem visualizar possibilidades de crescimento, desenvolver projetos e ideias, ter responsabilidade e autonomia, e verificar um senso de colaboração no ambiente de trabalho.

 

É preciso dedicação!

Um bom líder sabe trabalhar todos esses elementos para chegar a um denominador comum. Apesar de parecer difícil, com dedicação é possível conseguir.

Para ter ainda mais assertividade, existem algumas dicas que aumentam o engajamento da equipe. Eles devem ser compreendidos pelo líder como orientadores, um caminho seguro que pode ser perseguido para alcançar o sucesso.

 

Saiba reconhecer seu funcionário

Valorizar e reconhecer as boas práticas dos colaboradores é fundamental para formar uma equipe engajada. Dê feedbacks, conversa na qual são repassados os pontos positivos e negativos do funcionário.

Outras ações também podem motivar o colaborador. Por exemplo: levá-lo para defender determinada ideia de projeto para a diretoria, especialmente se foi ele quem pensou na possibilidade.

 

Delegue tarefas e responsabilidades

O líder deve saber delegar tarefas e responsabilidades aos colaboradores, mostrando que confia no trabalho deles. Essa é uma forma de motivar e reconhecer que o funcionário está realizando um bom trabalho.

Além disso, um ponto positivo de saber delegar tarefas é otimizar o processo produtivo, já que a centralização de atividades faz com que o líder não dê conta de todas as suas funções, prejudicando o andamento do trabalho.

 

Invista no capital humano da empresa

É claro que, para engajar seus colaboradores e ter uma equipe de alto desempenho, a empresa precisa investir no capital humano. Tais recursos têm sido considerados o principal ativo de qualquer organização. Isso porque eles compõem o capital intelectual e agregam valor à empresa, oferecendo vantagem competitiva.

Investir no capital humano não é somente aumentar a produtividade e reter talentos, mas também uma forma de obter melhores resultados, desenvolver habilidades e agir estrategicamente.

 

Seja flexível e humano

Já falamos da importância de o líder ser maleável, a fim de encontrar as melhores soluções para os problemas que aparecem no dia a dia. Neste tópico, a ideia de flexibilidade não está relacionada a isso, mas sim à capacidade de ter empatia e agir com humanidade no seu relacionamento com os colaboradores.

Saber ouvi-los, entendendo suas demandas e estudando possibilidades reais para atendê-las quando for possível e pertinente, é um desafio enfrentado por muitos líderes, mas que faz muita diferença na maneira como ele se relaciona com a sua equipe.

Ter uma equipe engajada passa por uma série de fatores e é importante que o líder esteja atento a ela. Foram passadas apenas algumas dicas, mas colocando-as em prática, pode-se alcançar melhores resultados, tanto no que é relativo à produtividade, quanto na satisfação pessoal dos colaboradores.

Assim, a liderança e motivação são essenciais para o sucesso da empresa.

Fonte: Site SB Coaching