Sua empresa está preparada para mais uma mudança de era?

Posted on Postado em Artigos e Entrevistas

Sua empresa está preparada para mais uma mudança de era?

Mudança de era, como assim? Bem, a era digital já está chegando ao fim e você enquanto gestor deve estar atento às mudanças que estão surgindo.

Reflita. Hoje, a tecnologia digital se mistura à nossa vida praticamente 100% do tempo. Já não conseguimos diferenciar o que é online e o que é offline, são duas partes do todo.

Em seu livro "Marketing e comunicação na era pós-digital - As regras mudaram", Walter Longo, inovador e formador de opinião, escreveu o seguinte:

“Fica cada vez mais claro que enquanto as empresas e anunciantes estão subindo o edifício dessa nova era pela escada, os consumidores estão subindo pelo elevador.”

Isso nos remete àquele velho ditado “Quem chega primeiro na fonte bebe água limpa”.

Além disso, Longo propõe que essa nova era nasce com seis características que ditarão os rumos dos negócios.

Efemeridade

Renovar-se em ciclos cada vez mais curtos. Não é difícil vermos marcas surgirem, dominarem o mercado e simplesmente desaparecerem em menos de 10 anos.

Para fugir da degola, as empresas devem antecipar tendências e agir de forma veloz para se manterem perenes.

Multiplicidade

Falando sobre comunicação, o mercado se tornou um organismo complexo, portanto não adianta pensar por ferramentas (digital, impresso ou eletrônico).

É preciso adotar a estratégia de dividir para conquistar, seja por processos ou funções. Isso melhora o acompanhamento da comunicação cada vez mais rápida e caótica.

Sincronicidade

Com as pessoas no centro de tantas transformações no mundo, a abordagem do mercado deve estar sincronizada. Entender que as pessoas estão, as pessoas não são, é a chave para seguir perto das constantes mudanças de hábitos.

Complexidade

A importância de organizar diversas atividades da sua empresa, de forma que tudo esteja em perfeita sintonia.

Tensionalidade

Ser marcante e lembrado é muito importante, mas difícil de conseguir. Segundo Longo, o segredo é investir na equação Tensão + Irresistibilidade.

Mutualidade

A mutualidade quer dizer sobre a habilidade em crescente desenvolvimento das máquinas se comunicarem entre si. Uma tendência que tem se fortalecido muito com o IOT (Internet das coisas). Essa característica, deve extinguir muitas profissões, o que força o ser humano a ser mais criativo e analítico. Com isso, teremos mais valor com o ROL (Return of learning) sob o ROI (Return of investiment).

Cientes de toda essa revolução que está acontecendo no mundo, a Alcer lança uma nova divisão, focada exatamente em ajudar as empresas a enfrentarem a era da Transformação Digital. Nasce então a Alcer Digital Technologies, encabeçada pelo jovem inovador Fábio Andrade.

“Nessa nova era, inovar deixou de ser diferencial competitivo e passou a ser uma necessidade básica das empresas. Inovar a maneira como se comunica com o seu cliente, reduzir custos com processos substituindo humanos por robôs ou automações de software, acesso aos dados sensíveis do negócio em tempo real, etc. Tudo isso amplia as chances de se manter perene em um mundo cada vez mais efêmero.

Junto à Alcer Digital, assumo o desafio de ajudar empresas a enfrentarem todas essas transformações de forma consistente e bastante criativa.”

 

Fábio Andrade                                      

"Estudou Ciência da Computação na UNITRI. Aos 22 anos foi coordenador de tecnologia na Agência Wik. Co-fundador do Aprendocast, o primeiro podcast colaborativo do Brasil, com mais de 170 mil downloads. Atuou como analista de negócios na TOTVS Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. Foi também Diretor de Inovação da Liga Empreendedora de Uberlândia. Atualmente é membro da Câmara Técnica de Inovação e Tecnologia do CODEN Uberlândia 2100."

Newsletter

Inscreva-se em nossa newsletter e recebe nossas últimas notícias





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *